Por pedro.logato

Bahia - A sorte está lançada. Das mãos de oito ex-campeões mundiais — entre eles o brasileiro Cafu — serão definidos, nesta sexta, na Costa do Sauípe, na Bahia, os grupos da Copa de 2014. O complexo sorteio, diferentemente de outras edições, terá a formação de um “Grupo X”, com os cabeças de chave Brasil, Argentina, Uruguai e Colômbia, que serão sorteados para receber uma seleção europeia do pote 4 (o único com nove equipes do Velho Continente), já que os restantes têm oito — ver info abaixo).

Sorteio para Copa acontece nesta sextaEfe

A formação de um possível “Grupo da Morte”, com a presença de três campeões mundiais (Brasil, Itália e França, por exemplo) tem sido o mantra nos dias que antecedem o sorteio. Mas, segundo o matemático Tristão Garcia, há apenas 6,95% de chances disso acontecer — seja com a seleção de Luiz Felipe Scolari ou com Argentina, Uruguai, Alemanha e Espanha.

O tema não preocupa Zidane, que também participará do sorteio do grupos.

“Queremos que a França jogue com os melhores, e queremos ir o mais longe possível. Não tenho medo de enfrentar equipes difíceis”, disse o ex-jogador.

“Nenhum campeão do mundo deve temer outro rival”, acrescentou o francês, que levou os ‘Bleus’ ao título mundial em 1998, ao fazer dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Brasil na final.

Zidane, que garantiu não se sentir odiado pelos brasileiros por seu feito, preferiu enaltecer o atacante Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, clube no qual é auxiliar técnico. Para ele, o craque português é uma das maiores atrações do futebol mundial e candidato ao prêmio de melhor da Copa de 2014.

“O que ele faz em campo é monstruoso, é maravilhoso” frisou.

Campeão mundial em 1994, Bebeto mostrou confiança no desempenho do Brasil em 2014. E disse não estar preocupado com os adversários da Seleção. "Eu não tenho medo de quem o Brasil vai pegar na primeira fase. O grupo deu mostras de que poderá chegar lá. Estou confiante", disse.

Já Ghiggia, carrasco do Brasil em 1950, admitiu que sonha com novo Maracanazo. “Gostaria de uma nova final entre Brasil e Uruguai. Seria maravilhoso”, concluiu.

Blatter ‘reza a Deus, a Alá’ por Itaquerão

o presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse ontem que a Arena Corinthians só ficará pronta dois meses antes do Mundial — prazo diferente ao divulgado na véspera pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

“Temos informações de que ficará pronta em 14 ou 15 de abril. Trata-se de questão de confiança, e não há plano B. O que a Fifa pode fazer é pedir a Deus, a Alá, que não haja mais nenhum acidente até a Copa do Mundo”, disse Blatter.

O secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, garantiu que o Itaquerão terá prazo de entrega maior — também estão atrasadas as obras nas Arenas da Baixada e de Cuiabá. Já as arenas Manaus e das Dunas, em Natal, segundo Aldo Rebelo, estarão prontas em dezembro, mas, devido à agenda da presidenta Dilma Rousseff, serão inauguradas em janeiro.

Neymar é aposta como destaque

Craques que fizeram a história do futebol pentacampeão mundial, Ronaldo, Carlos Alberto Torres e Amarildo apontam Neymar como o principal candidato ao título de melhor jogador da Copa de 2014. Mas citam Messi e Cristiano Ronaldo como fortes concorrentes.

“Eu quero que seja o Neymar. Se ele for o craque da Copa, é porque fomos campeões”, disse Ronaldo, campeão mundial em 1994 e 2002. Capitão na conquista de 1970, Carlos Alberto Torres também aposta em Neymar:

“Vamos torcer por algum brasileiro, que deve ser o Neymar. Mas não podemos esquecer Messi, CR7.”

Substituto de Pelé na Copa de 1962, Amarildo destacou o craque português como o rival do camisa 11 do Barça.

“Ele classificou Portugal para a Copa e é o perigo número 1”, frisou.

Você pode gostar