Mais Lidas

Zico e Pelé apoiam manifestações, mas pedem uma trégua no Mundial

Ídolos pedem para que brasileiros pense na competição de futebol

Por pedro.logato

São Paulo - Dois dos maiores camisas 10 de todos os tempos do futebol brasileiro fizeram uma tabelinha muito bem entrosada fora de campo. Em entrevistas distintas, Zico e Pelé mostraram compreensão quanto às manifestações populares contra a realização da Copa do Mundo no país, mas pediram uma trégua dos torcedores durante a competição.

Pelé voltou a falar sobre protestos e Copa do MundoDivulgação

“Eu gostaria de ver as pessoas protestando todos os dias em vez de simplesmente durante a Copa do Mundo. O fato é que a competição está acontecendo e, de repente, eu não vejo a mesma alegria nas pessoas de como acontecia nos torneios anteriores, onde decoravam as ruas com bandeiras e cores do Brasil. Precisamos fazer este torneio especial pelos motivos certos, porque o Brasil tem o dever de entregar a Copa do Mundo. Eu não sou contra protestar, mas talvez seja hora de uma trégua", disse Zico em entrevista ao jornal britânico ‘The Guardian’.

O rei do futebol foi pela mesma linha, e diz que os jogadores da seleção brasileira não devem pagar pelos erros do governo brasileiro.

“Esses movimentos são legítimos e eu entendo bem. Todos podem protestar, mas sem confundir. Não devemos misturar as coisas. As pessoas precisam entender que os jogadores não têm culpa pela corrupção, não têm nada a ver com os problemas políticos do país. Não podemos estragar esse momento deles”, afirmou o rei em um evento promocional sobre o filme ‘Pelé Eterno’.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia