Mais Lidas

Felipão se irrita com jogadores em treino coletivo: 'Não gostei de nada'

Técnico ficou na bronca com espaço deixado pelo time

Por bernardo.argento

Rio - Quem ligou a TV, no domingo, por volta do meio-dia, viu um Luiz Felipe Scolari com semblante emburrado, capaz de azedar o almoço. A cara era de quem comeu e não gostou. Porém, o que desagradou ao técnico não foi o desjejum de mais cedo na Granja Comary, mas o desempenho dos jogadores no coletivo da manhã.

“Não gostei do treino, não gostei nada. Tudo errado. Muita coisa errada. Muita liberdade, muito contra-ataque, uma série de detalhes que não é o normal da Seleção”, disse Felipão à TV Globo.

Sem Paulinho, com dores no tornozelo, o treinador experimentou Hernanes no time titular. O desempenho do volante não desceu bem, e Felipão logo recorreu ao seu cardápio. Ramires e Henrique devem ser testados hoje no treino que será aberto para a torcida, no Serra Dourada. Além do jogador do Tottenham, Fernandinho e Thiago Silva ficaram em Teresópolis. Estes dois, por precisarem aprimorar a parte física.

Felipão não gostou do espaço deixado pelo time durante treino coletivoDivulgação

“Testamos e vamos analisar se iremos dessa forma ou com outro jogador. Contra a Inglaterra (antes da Copa das Confederações), treinei na sexta, no sábado, não gostei e mudei. Quando eu não gosto, tenho que achar uma solução e ver se dá resultado. Vou pensar sobre o assunto, conversar com Murtosa e com o Parreira. Se alguém gostou... eu não gostei”, completou o treinador.

No coletivo, em cobrança de falta, a bola foi alçada na área do time titular. Felipão parou o treino e deu uma bronca geral: “Oito para marcar três. Se não sabe marcar, não vai adiantar nunca.” Logo depois, encerrou a atividade.

Antes, o treinador acrescentou uma jogada nova no menu da Seleção. Os reservas batiam o escanteio, e Julio Cesar acionava Neymar, no contra-ataque. Numa dessas, Marcelo fez gol. Mas, pouco depois, Felipão se irritou ao ver os titulares não conseguirem impedir que o time B usasse a mesma arma.

Além de Hernanes no lugar de Paulinho, Dante substituiu Thiago Silva. Durante a atividade, ele trocou Oscar por Ramires e Maicon por Daniel Alves. Pouco depois, colocou Bernard no lugar de Hulk. Os titulares venceram por 3 a 2, com dois gols de Marcelo e um de Neymar. Hulk e Willian marcaram pelos reservas.

William vem se destacando

Um jogador está chamando a atenção nos treinos. Willian atua em quase todas as posições do meio-campo e dá dinamismo ao time. No sábado, Felipão o testou no lugar de Hulk. Ontem, os dois jogaram juntos e fizeram sofrer a defesa titular da Seleção.

“É uma boa e grande dor de cabeça, principalmente quando ele se movimenta como meia. Tem treinado muito bem também. Ele busca, organiza, sabe trabalhar a bola, joga curto. É um jogador que deve receber boas oportunidades”, afirmou o técnico em entrevista à TV Globo.

O meia do Chelsea não escolhe onde jogar e passa a bola para Felipão: “Meu estilo todo mundo conhece. Gosto de driblar, arrancar, criar jogadas, mas quem decide é o treinador.”

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia