Mais Lidas

MP recomenda reforço para coibir venda de álcool perto do Maracanã

Consumo de bebidas alcoólica nas redondezas do estádio está proibido, devido a relatos de violência entre torcedores

Por rodrigo.hang

Rio - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro recomendou, nesta sexta-feira, intensificar a fiscalização nas imediações do Maracanã, na decisão da Copa do Mundo, neste domingo, dia 13. O objetivo é coibir venda e consumo de bebidas alcoólicas nas redondezas do estádio, a partir das 12h20, duas horas antes da cerimônia de encerramento do Mundial.

Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Antes da Copa, foi proibida a comercialização de bebidas alcoólicas no entorno do Maracanã em dias de jogos da competição no estádio. A restrição se deu duas horas antes das partidas e duas horas depois dos duelos. A recomendação, motivada pelos relatos de violência entre torcedores, em razão do consumo de bebidas alcoólicas, permanece até o dia da final do Mundial.

Alemanha e Argentina fazem a final da Copa do Mundo, no Maracanã, neste domingo, às 17h.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia