Copa 2018: Islândia

Por O Dia

Islândia quer ser a zebra da Copa
Islândia quer ser a zebra da Copa -

Sensação da Euro-2016, competição em que chegou às quartas de final, a Islândia conseguiu repetir a boa campanha nas Eliminatórias e garantiu a classificação ao Mundial da Rússia. Montou um grupo de boa qualidade técnica e muito entrosamento, apoiado numa jovem geração. Os destaques entre os convocados são Gylfi Sigurdsson, meia do Everton, da Inglaterra, e Aron Gunnarsson, do Cardiff, do País de Gales.

Convocados

Técnico: Heimir Hallgrímsson

Goleiros

Halldorsson (Randers-DIN)

Schram (Roskilde-DIN)

Runarsson (Nordsjaelland-DIN)

Defensores

Ari Skulason (Lokeren-BEL)

Magnusson (Bristol City-ING)

Eyjolfsson (Levski Sofia-BUL)

Árnason (Aerdeen-ESC)

Ingason (Rostov-RUS)

Ragnar Sigurdsson (Rostov-RUS)

Fridjonsson (Valerenga-NOR)

Saevarsson (Valur-ISL)

Meio-campistas

Johann Gudmundsson (Burnley-ING)

Traustason (Mälmo-SUE)

Gunnarsson (Cardiff City-ING)

Olafur Skulason (Karabukspor-TUR)

Gylfi Sigurdsson (Everton-ING)

Hallfredsson (Udinese-ITA)

Bjarnason (Aston Villa-ING)

Atacantes

Gíslason (Sandhausen-ALE)

Sigurdarson (Rostov-RUS)

Albert Gudmundsson (PSV-HOL)

Finnbogason (Augsburg-ALE)

Bödvarsson (Reading-ING)