Seleção feminina de basquete volta a ser atropelada pela França em amistoso

Equipes disputaram três jogos e Brasil foi derrotado em todos

Por renata.amaral

Espanha - A seleção brasileira feminina de basquete perdeu também o terceiro e último amistoso contra a França, nesta segunda-feira, por 79 a 53. O placar reflete bem a diferença técnica entre os dois times, uma vez que o jogo de sexta-feira foi vencido pela francesas por 81 a 54 e no domingo o resultado foi 82 a 59. Todas as partidas aconteceram em Biarritz, na divisa com a Espanha.

O técnico Antonio Carlos Barbosa admitiu a frustração pelas derrotas. "Não posso estar satisfeito com três derrotas, mas tenho que ter a percepção e não ser passional para analisar com tranquilidade", disse ele.

A seleção feminina de basquete foi derrotada pela França em mais um amistosoDivulgação

O treinador pondera que a seleção brasileira estava desfalcada, enquanto a França tem mais tempo de preparação. "Precisamos entender que enfrentamos uma equipe que está em ritmo total de jogo, enquanto o Brasil está iniciando o ritmo e está incompleto, sem as duas pivôs consideradas titulares." Erika e Clarissa estão na WNBA e só se apresentam na véspera da Olimpíada.

O curioso é que o Brasil começou a preparação para o Rio-2016 praticamente junto com a França. A equipe está treinando desde o dia 1.º de maio e, assim como a França, também já disputou um torneio este ano: o Sul-Americano.

Apesar dos resultados ruins, o treinador continua acreditando que o Brasil pode brigar por medalhas. "Eu vejo situações positivas, com o time se entregando e defendendo mais. Sigo vendo uma equipe com muita possibilidade de bons resultados, principalmente quando estiver completa", analisou Barbosa.


 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia