Brasil perde para Eslovênia no handebol masculino em partida muito disputada

Agora os brasileiros, enfrentam a Alemanha na próxima quinta-feira, às 16:40, na Arena do Futuro

Por luis.araujo

Rio - A seleção masculina de handebol perdeu para a Eslovênia por 31 a 28, na tarde desta terça-feira, na Arena do Futuro. Em uma partida muito disputada, os brasileiros não conseguiram aproveitar a pressão dos torcedores, não suportaram a boa exibição apresentada pelos eslovenos e acabaram derrotados na partida. 

Depois da vitória marcante na estreia contra a Polônia, o handebol masculino brasileiro teve dificuldade contra a retranca da equipe europeia, tentou reação nos últimos minutos, mas não conseguiu evitar a derrota. Agora os brasileiros, enfrentam a Alemanha na próxima quinta-feira, às 16:40, na Arena do Futuro.

Partida entre Brasil e Eslovêniam%2C na Arena do FuturoAlexandre Cassiano / O Globo / NOPP

O JOGO

O jogo começou com a torcida inteira apoiando muito os brasileiros. Com uma grande antecipação de João na defesa, ele aproveitou o gol vazio para botar o Brasil na frente. Sem deixar o gás acabar, João aproveitou o bom momento do Brasil para empata a partida. O jogo começou muito quente na Arena do Futuro. O Brasil teve mais dificuldade do que quando bateu a Polônia. Os jogadores não conseguiam penetrar na defesa eslovena e não paravam os avanços dos rivais. Um dos mais experientes do time, o central Diogo pedia calma à equipe após um passe muito alto do goleiro Bombom para o ponta Lucas.

Mesmo quando conseguia penetrar na defesa adversária, o Brasil pecava para concluir e não conseguia diminuir a distância que já era de sete gols e preocupa os brasileiros. Aos poucos, o Brasil conseguia reduzir a diferença, que já chegava a ser de sete gols, mas nesta altura da partida era de quatro. Brasil foi se aproximando cada vez mais da Eslovênia, e foi para o intervalo com pouca diferença no placar. Brasil foi para o intervalo em alta após reduzir a vantagem eslovena para três gols. O primeiro tempo terminou Brasil 13 x 16 Eslovênia.

Na etapa final da partida, a Eslovênia inaugurou o placar. Os eslovenos voltaram forte no segundo tempo e ampliaram para cinco a diferença para o Brasil. Os brasileiros seguiram pecando nas finalizações, principalmente no um contra um. Em certo momento do jogo, principal marcador do Brasil, Thiagus, foi excluído do jogo por dois minutos. Destaque para o golaço do goleiro Maik, que por cobertura de longe levantou a torcida brasileira na Arena do Futuro. Diferença caiu para três gols naquele momento. A seis minutos do fim, e com três gols de diferença, Eslovênia ficou com um homem a menos e Haniel acertou um foguete no canto para diminuir para dois a vantagem da Eslovênia. Mesmo com toda a pressão, o Brasil não soube aproveitar a partida, sofreu com as faltas dos eslovenos e foram derrotados por 31 a 28.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia