Comitê Olímpico Brasileiro valoriza 'heróis olímpicos, independente de medalha'

Dirigentes do COB elogiaram entrega dos atletas nos Jogos do Rio

Por pedro.logato

Rio - Cinco dirigentes do Time Brasil concederam entrevista coletiva, nesta segunda-feira, para falar do desempenho do país nos Jogos Olímpicos. Estiveram presentes o presidente do Comitê Olimpíco Brasileiro,  Carlos Arthur Nuzman, o chefe da missão brasileira nos Jogos Rio 2016,  Bernard Rajzman, o diretor executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, o gerente de performance esportiva, Jorge Bichara, e a gerente de Planejamento do COB, Adriana Behar.

Representante máximo do COB, Carlos Arthur Nuzman, falou sobre o histórico brasileiro nos Jogos Olímpicos. O presidente valorizou a participação da delegação do país, indepente das medalhas.

Carlos Arthur Nuzman elogiou os atletas brasileirosSaulo Cruz/Exemplus/COB

"Os atletas brasileiros são heróis olímpicos, independente de medalha ou não. Foram extraordinários. Todos eles merecem agradecimento e reconhecimento. Muitos tiveram resultados que até então ninguém poderia imaginar. Gostaria de deixar esse registro independente de medalha. O objetivo é o reconhecimento ao esforço e dedicação dos atletas brasileiros", afirmou.

Perguntado sobre o Brasil não ter conseguido ficar entre os dez primeiros no quadro de medalhas, Nuzman, fez questão de diferenciar a realidade brasileira da dos últimos anfitriões olímpicos.

"Qual colocação da Espanha? Acho que fez Olimpíada também. E a Grécia? Lá atrás? Falar de Estados Unidos e China não dá para comparar. O objetivo não é meramente numérico. (...) É um contexto de finais." , disse.

Dirigentes do COB falam sobre resultado olímpicoSaulo Cruz/Exemplus/COB

O diretor executivo de esportes do COB, Marcus Vinicius Freire fez questão da valoriazar os resultados importantes que os brasileiros conseguiram, independente da subia ao pódio

"Ganhar medalha é a melhor coisa do mundo, mas chegar perto mostra que o trabalho foi bem feito. Isso é muito importante para nós.", opinou.

Vice-campeão olímpico em 1984 com a seleção de vôlei, Bernard Rajzman, falou sobre a importância de uma Olimpíada no Rio de Janeiro e agradeceu a sua participação como diretor executivo de esportes do COB

"É muito prazeroso vivenciar na nossa casa o sonho da Olimpíada. É um orgulho muito grande ter sido chefe de missão do Brasil.", disse.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia