Chaman conquista medalha inédita para o Brasil no ciclismo de estrada

Brasileiro faz boa prova, surpreende e garante o bronze

Por sarah.borborema

Rio - O Brasil segue fazendo história nos Jogos Paralímpicos do Rio, desta vez no ciclismo de estrada. Sem favoritismo ou tradição, Lauro Cesar Chaman não desanimou e concretizou o sonho da medalha inédita para o país na modalidade, na tarde desta quarta-feira. Disputando na categoria C5, Chaman teve um bom começo e prova e foi superado na reta final, o que não foi suficiente para deixar o brasileiro fora do pódio, terminando com o tempo total de 37m37s43, ficando com a medalha de bronze.

Lauro Cesar Chaman conquistou a medalha de bronzeMarco Antonio Teixeira/MPIX/CPB

O ouro ficou com o ucraniano Yeho Dementyev, marcando 36m53s23, enquanto o australiano Alistair Donohoe garantiu a prata, anotando 37m33s36. Outro brasileiro a disputar a prova, Soelito Gohr apareceu com o nono melhor tempo (40m49s70).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia