Mais Lidas

Rússia testa novo míssil

Artefato consegue até mesmo romper bloqueio antimísseis dos Estados Unidos

Por O Dia

Presidente russo Vladimir Putin nega interferência em eleições americanas
Presidente russo Vladimir Putin nega interferência em eleições americanas -

Moscou - O governo da Rússia divulgou, neste domingo, que realizou com sucesso o lançamento do novo míssil hipersônico Kinzhal. Segundo o Ministério da Defesa, o projétil tem capacidade de percorrer mais de dois mil quilômetros e superar o sistema antimísseis dos Estados Unidos, podendo atingir uma velocidade dez vezes superior a do som.

De acordo com as autoridades militares da Rússia, o míssil Kinzhal (adaga, em russo) foi lançado de um avião MiG-31 que decolou de uma base do distrito militar ao sul daquele país. Ainda conforme o governo, a nova arma conseguiu atingir um alvo dentro de um polígono militar. "O lançamento aconteceu como se esperava. O míssil alcançou o objetivo", informou, em nota, o Ministério da Defesa.

O Kinzhal faz parte do novo arsenal do governo da Rússia e foi apresentado no início deste mês. Durante o lançamento do armamento, o presidente Vladimir Putin destacou que o projétil é o único do planeta a ser capaz de até mesmo furar o bloqueio antimísseis norte-americano, uma vez que fica indetectável a radares.

Na apresentação do Kinzhal, Vladimir Putin também fez questão de destacar que o novo míssil hipersônico ainda pode carregar explosivos convencionais ou ogivas nucleares. "É difícil de localizar, com carga útil nuclear de alcance praticamente ilimitado e trajeto de voo imprevisível, podendo ultrapassar linhas de intercepção e invencível diante de todos os sistemas de defesa aérea", resumiu o presidente. O armamento está à disposição do Exército da Rússia desde dezembro de 2017.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários