Brasileiras se desculpam por Bolsonaro e emocionam primeira-dama da França

Segundo a imprensa local, Brigitte Macron se emocionou com as mensagens de apoio que recebeu das mulheres brasileiras através do Twitter

Por O Dia

Emmanuel Macron e sua mulher, Brigitte Macron
Emmanuel Macron e sua mulher, Brigitte Macron -
Paris - Segundo a imprensa local, a primeira-dama da França se emocionou com as mensagens de apoio que recebeu das mulheres brasileiras através do Twitter.
A hashtag #DesculpaBrigitte foi lançada na manhã desta segunda-feira, logo após Bolsonaro insultar Brigitte Macron em uma rede social, e rapidamente chegou aos trending topics (assuntos mais comentados) do Brasil.   
Os sites franceses do Le Parisien e da BFMTV escreveram, nesta terça-feira, que Brigitte se emocionou com as mensagens de apoio. Nas mensagens, além de prestar solidariedade à primeira-dama, os usuários da rede também fizeram duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro. "Não temos um presidente. Temos um valentão da 6ª série", escreveu um.
Além de mensagens espontâneas, dois grupos organizados de mulheres brasileiras escreveram notas oficiais de apoio à Brigitte. O O Grupo Mulheres do Brasil repudiou "qualquer tipo de atitude sexista ou machista", e o grupo Brasileiras em Paris classificou a atitude de Bolsonaro como "desprezível", "preocupante" e "vergonhosa".

Comentários