Presidente dos EUA, Joe Biden
Presidente dos EUA, Joe BidenAFP
Por iG
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, convidou nesta sexta-feira 40 líderes mundiais para participar da Cúpula de Líderes sobre o Clima, em abril deste ano. Entre eles, estão o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro e os chefes de governo da China, Xi Jinping, e da Rússia, Vladimir Putin.
De acordo com informações da Casa Branca, Biden pediu que os líderes usem o encontro como "oportunidade para delinear como seus países podem contribuir para uma ambição climática mais forte".
Publicidade
A nota oficial emitida pela Casa Branca explica que lideranças de 17 países que são responsáveis por 80% das emissões globais foram convidadas para a cúpula, que será realizada nos dias 22 e 23 de abril, assim como os chefes de Estado e de governo de outras nações que sofrem os efeitos da mudança climática ou que demonstraram vontade de combatê-la. 
Por meio de nota, a Casa Branca também disse que antes do encontro anunciará metas ambiciosas para reduzir as emissões de carbono através do Acordo Climático de Paris. 
Publicidade
Apesar do antagonismo com o novo presidente dos EUA, já que era aliado de Donald Trump, assessores do Planalto já haviam sinalizado à Casa Branca que Bolsonaro participaria do encontro e esperava a formalização do convite.
Também integram a lista de convidadados Ursula von der Leyen (Comissão Europeia, Poder Executivo da União Europeia), Emmanuel Macron (França), Andrés Manuel López Obrador (México), Alberto Fernández (Argentina), Sebastián Piñera (Chile), Iván Duque (Colômbia), Angela Merkel (Alemanha), Boris Johnson (Reino Unido), Narendra Modi (Índia) e Binyamin Netanyahu (Israel), entre outros.
Você pode gostar