Caso ocorreu em Mallorca na Espanha
Caso ocorreu em Mallorca na Espanha Pixabay
Por iG Último Segundo
Um homem de 40 anos foi preso na região de Mallorca, na Espanha , após continuar trabalhando presencialmente e indo a uma academia mesmo após ter apresentado sintomas da Covid-19.
Segundo informações da polícia espanhola, o individuo foi o responsável direto por outras 22 pessoas terem sido infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).
Publicidade
Mesmo com sintomas da doença , como febre de 40º e tosse, o homem insistiu em continuar trabalhando presencialmente.
Inclusive, em dado momento, abaixou a máscara para tossir, e teria dito que iria “infectar todos com o coronavírus”.
Publicidade
Revelado neste mês, o caso aconteceu em janeiro. Após o mapeamento dos casos, foi descoberto que 8 pessoas relacionadas ao seu local de trabalho, incluindo três bebês de apenas 1 ano, foram infectadas pela Covid por conta do indivíduo.
Outras 14 pessoas da academia que ele frequentou também testaram positivo.
Publicidade
O homem foi preso na última sexta-feira (23), e responderá à ação em liberdade.