Sobe para 26 número de casos de zika na Alemanha desde outubro

A maioria das pessoas infectadas pelo vírus não apresentam sintomas

Por lucas.cardoso

Berlim - O Instituto Robert Koch (RKI) de virologia de Berlim informou nesta terça-feira que desde outubro do ano passado foram registrados na Alemanha 26 casos de zika, nenhum em mulheres grávidas. Uma porta-voz do RKI afirmou que também não sabem de casos de contágio por transmissão sexual, mas explicou que este tipo de informação nem sempre é comunicada.

Segundo ele, também não há certeza se existem casos além dos registrados, já que a infecção pelo vírus do zika não é de notificação obrigatória. A maioria das pessoas infectadas pelo vírus do zika não apresentam sintomas, ou somente leves, semelhantes aos da gripe.

No entanto, a suspeita de que o vírus cause má-formação fetal surgida após o aumento dos casos de microcefalia em bebês nascidos no Brasil, epicentro desta nova epidemia, e em outros países latino-americanos, fez a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar emergência sanitária internacional em 1º de fevereiro.

A associação do zika com a síndrome de Guillain-Barré em adultos, que afeta o sistema nervoso e causa paralisias, também está sendo investigada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia