Bin Laden deixou testamento com recurso milionário para o terrorismo

O ex-líder da Al Qaeda Osama bin Laden explicou em cartas como usar parte de sua fortuna para a jihad

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - O ex-líder da Al Qaeda Osama bin Laden explicou em cartas como pelo menos 29 milhões de dólares de seus fundos e posses deveriam ser divididos depois de sua morte, solicitando que a maior parte fosse usada para dar continuidade à jihad.

Uma das cartas, que faz parte de lote de 113 documentos apreendidos pelas forças especiais dos Estados Unidos que mataram Bin Laden em 2011, foi descrita por agentes de inteligência dos EUA como o que acreditam ser o seu testamento.

A ‘Reuters’ e a rede ABC tiveram acesso aos documentos. Bin Laden exortou seus parentes mais próximos a usar os fundos para a guerra santa. “Espero que meus irmãos, minhas irmãs e minhas tias obedeçam a meu desejo e gastem o dinheiro que me sobrou no Sudão na jihad, em nome de Alá.”

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia