Casa Branca é fechada após relato de tiroteio nos arredores

Um indivíduo teria aberto fogo no entorno do complexo presidencial

Por luis.araujo

Washington - O serviço secreto dos EUA baleou um homem nos arredores da Casa Branca. Ele estaria portando uma arma de fogo e teria se recusado a largá-la. O porta-voz do serviço secreto David Iacovetti disse, em nota, que o homem chegou a uma das barreiras da Casa Branca, na qual é necessário se identificar, por volta das 15h no horário local (16h no horário de Brasília).

Segurança foi reforçada nos arredores da Casa Branca Efe

"Agentes da Divisão Uniformizada do Serviço Secreto deram vários comandos verbais para o suspeito parar e largar a arma", diz Iacovetti na nota. Segundo o texto, quando o homem se recusou, um agente atirou nele uma vez. Os oficiais prestaram primeiros socorros ao homem, que depois foi levado a um hospital. O serviço secreto informou ter apreendido a arma.

Interdição

A Casa Branca foi interditada para tráfego de pedestres e todos os funcionários e jornalistas foram impedidos de deixar o local após o incidente. O presidente Barack Obama saiu cerca de duas horas antes para um jogo de golfe e não estava no local no momento do ocorrido.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia