Barack Obama promete continuar combate agressivo contra EI

Ele também manifestou preocupação com a ação do Exército russo em apoio ao governo sírio

Por lucas.cardoso

Washington - Os Estados Unidos continuarão sua luta contra o grupo Estado Islâmico (EI) "agressivamente em todas as frentes", prometeu o presidente Barack Obama em entrevista coletiva no Pentágono, nesta quinta-feira.

Obama disse que continuará buscando uma parceria com o governo russoEfe

Obama reconheceu que a pressão do Ocidente contra o EI provocou o aumento de ataques fora do Iraque e da Síria, assim como nos Estados Unidos, na França e na Turquia. Ele também manifestou preocupação com a ação do Exército russo em apoio ao governo sírio e pediu a Moscou que coopere com Washington para encontrar uma saída para a crise.

"Os Estados Unidos continuam preparados para trabalhar com a Rússia para tentar reduzir a violência e fortalecer nossos esforços contra o Isil [acrônimo do EI usado pelo governo americano], Al-Qaeda e Síria. Mas a Rússia fracassou em dar os passos necessários. Considerando-se a deteriorada situação, é hora de a Rússia mostrar que é séria sobre perseguir esses objetivos", disse Obama à imprensa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia