Candidatos à presidência dos EUA fazem debates em debate

Hillary, que subiu nas pesquisas, entra em choque com Donald Trump por causa das datas dos encontros. Republicano a acusa de querer buscar audiência baixa

Por thiago.antunes

Estados Unidos - A candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, confirmou sua participação nos três debates presidenciais programados por uma comissão independente e cujas datas foram criticadas pelo seu adversário, o republicano Donald Trump. “A única questão é agora se Trump se apresentará aos debates nas datas, horas, lugares e formatos programados pela comissão”, afirmou o chefe de campanha de Hillary, John Podesta.

A vantagem de Hillary (42%) sobre o rival subiu para mais de sete pontos em pesquisa Reuters/Ipsos divulgada ontem, contra menos de três pontos percentuais na quinta-feira. Os debates estão programados para os dias 26 de setembro, 9 e 19 de outubro, datas, as duas primeiras, criticadas por Trump ao coincidir com partidas da liga de futebol americano.

“Hillary Clinton quer ir contra a NFL”, disse Trump, recentemente, e acusou a campanha da democrata de querer “arranjar os debates” com baixas audiências, “o mesmo que fez com Bernie Sanders”, apontou. O debate do dia 26 de setembro, que acontecerá em Nova York, coincide com a partida entre Atlanta Falcons e New Orleans Saints, enquanto o do dia 9 de outubro, em St. Louis (Missouri), coincide com o duelo entre Green Bay Packers e New York Giants.

“Não está claro se Trump está tentando evitar discussões ou somente jogando com a imprensa para fazer drama. De qualquer maneira, nossa campanha não está interessada em debater sobre os debates ou negociar sobre eles”, afirmou John Podesta. A Comissão de Debates Presidenciais, por sua vez, afirmou ao magnata que “é impossível evitar todos os eventos esportivos” e lembrou que “nunca foi reprogramado um debate” por coincidir com um partida.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia