Vídeo: Policiais impedem menino de se explodir no Iraque

Vestido com a camisa de seu ídolo no futebol, o argentino Lionel Messi, garoto foi impedido de realizar a ação em Kirkuk

Por rafael.nascimento

Bagdá - Um menino de 12 anos foi impedido de se explodir, neste domingo, por policiais na cidade de Kirkuk, no Iraque. Vestido com a camisa de seu ídolo no futebol, o argentino Lionel Messi, o garoto estava com um cinto de explosivos por baixo da camiseta e chorava muito ao ser parado por soldados, que desativaram o dispositivo. Um vídeo flagrou o momento em que os agentes detiveram o rapaz.

Menino não conseguiu explodi bomba e foi contido pelos agente iraquianos Reprodução

O episódio aconteceu após um menino da mesma idade se explodir em uma festa de casamento e matar, ao menos, 54 pessoas na Turquia. Segundo fontes locais, ele foi recrutado pelo Estado Islâmico.  Entre as vítimas, estão ao menos 29 crianças e adolescentes - sendo que 22 deles tinham menos de 14 anos. Outras 14 pessoas estão internadas em estado grave em hospitais turcos.

Segundo o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, o atentado no casamento tem ligações com o grupo terrorista.

Confira o vídeo do momento em que os policiais evitam a explosão:

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia