Centenário de Fátima lota hotéis seis meses antes

Até cidades vizinhas registram alta procura de fiéis para a festa de maio

Por thiago.antunes

Lisboa - A rede hoteleira da cidade portuguesa de Fátima já está com lotação esgotada para os dias de 12 e 13 de maio do ano que vem, quando haverá grande comemoração do Centenário da Aparição de Nossa Senhora no Santuário. Em setembro deste ano, após o Papa Francisco confirmar presença no evento, a procura subiu bastante.

Com as reservas esgotadas nos hotéis de Fátima, muitos fiéis tiveram que procurar quartos a dezenas de quilômetros do santuário e até em outras cidades. Numa pesquisa feita no último fim de semana em um site de reservas, apenas um quarto ainda estava disponível em Fátima durante o centenário.

Pórtico do Centenário está instalado no meio da esplanada de FátimaEfe

O preço nesse hotel, um estabelecimento de quatro estrelas, é 1.692 euros (R$ 6 mil) para passar a noite das comemorações. Cidades próximas ao Santuário da Cova da Iria, onde Nossa Senhora teria sido vista, como Cabaços (a 33 km de Fátima), Marinha Grande (a 25 km), Carregueira (a 31 km) e Nazaré (a 35 km) também já estão lotadas, com pouquíssimas opções de alojamento, a preços altos.

De acordo com a Associação Empresarial Ourém/Fátima, os hotéis da cidade têm sua capacidade esgotada todos os anos durante as comemorações da aparição, mas nunca tão cedo. Para o centenário, os hotéis das cidades vizinhas é que devem sentir o aumento no fluxo de peregrinos que se deslocam a pé até Fátima, para passar a noite no local, em oração.

Um ano intenso

A comissão organizadora do centenário das aparições preparou uma extensa programação para comemorar o evento religioso. Para a Igreja católica, é um acontecimento histórico. Haverá ciclos de música sacra, produção de documentários, lançamento de livros, exposições, concertos, performances, fóruns de estudo, apresentação de coros infantis, oficinas musicais criativas e oficinas de esculturas.

As comemorações do centenário de Fátima remetem ao ano de 1917, quando três pequenos pastores — os irmãos Francisco e Jacinta e Lúcia, prima dos dois — afirmaram ver Nossa Senhora na Cova da Iria, a 2,5 quilômetros da cidade.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia