Terremoto no Peru mata criança; 93 famílias ficaram desabrigadas

O tremor de magnitude 5,6 na escala Richter atingiu a região Sul do país nesta quinta-feira

Por lucas.cardoso

Lima - Uma criança de 12 anos morreu e 93 famílias tiveram as casas atingidas pelo terremoto de magnitude 5,6 na escala Richter que ontem à tarde atingiu a região sul do Peru, conforme o último relatório do Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci) divulgado nesta sexta-feira.

A vítima morava na cidade de Ocuviri, na zona rural de Lampa, que pertence à região Puno, perto da fronteira com o Peru e a Bolívia, onde se situou o epicentro. As 93 famílias perderam suas casas durante o tremor e outras 804 imóveis ficaram danificados em vários lugares da província de Lampa. A maioria era feita de adobe. O terremoto também provocou estragos em quatro escolas, quatro igrejas e um prédio público.

O sismo foi registrado às 17h40 (horário local, 20h40 em Brasília) da quinta-feira e teve seu epicentro 58 quilômetros ao oeste da cidade de Lampa, capital da homônima província. O tremor se originou a uma profundidade de 30 quilômetros e foi percebido com intensidades moderada em Lampa e leve na cidade de Arequipa, 120 quilômetros do epicentro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia