Mais Lidas

Ano de 2016 foi o mais quente de todos os tempos

Aquecimento global e El Niño causaram aumento de pelo menos 1,2°C

Por gabriela.mattos

Rio - O ano que termina já tem diversas razões para entrar na história. Uma delas é um recorde negativo: 2016 já é virtualmente o mais quente do mundo. Apenas com os dados coletados pela Organização Meteorológica Mundial (OMM) até novembro, a temperatura já tinha subido 1,2 grau em comparação com os primeiros registros, de meados de 1880. No ano passado, até então o mais quente da história, foi registrado 1°C acima dos níveis pré-industriais.

A OMM confirmou que os meses de janeiro e novembro alcançaram máximos recordes, que ultrapassavam em até um grau a temperatura média registrada no século 20. São duas as principais razões para o recorde: o fenômeno meteorológico El Niño, o maior registrado desde 1998, e o aquecimento global, acelerado pelas emissões de gás carbônico que ainda não pararam de subir.

Para Claudio Angelo, coordenador de Comunicação do Observatório do Clima e autor do livro ‘A Espiral da Morte — Como a Humanidade Alterou a Máquina do Clima’, o ano que começa, embora sem a influência do El Niño, também deve figurar no top 5 dos mais quentes.

“O recorde de temperatura ajuda a alertar para o problema, mas temos que prestar atenção na tendência. Todos os anos mais quentes da historia foram nesse século, exceto 1998. O patamar de tempetura já é muito elevado por causa das mudanças climáticas. Como o patamar ja mudou, os El Niños devem causar um efeito maior na tempetura”, disse.

Para Angelo, o aquecimento não tem freio a curto prazo. Mesmo o Acordo de Paris, documento assinado por 194 países que quer deixar o aumento de temperatura abaixo de 2°C até o final do século, não será suficiente “O que podemos fazer é evitar que os extremos do futuro sejam ainda mais extremos. Os países devem estabelecer metas mais ambiciosas”, afirmou.

?Reportagem da estagiária Alessandra Monnerat

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia