Mais Lidas

Trump vai tomar posse nos EUA com popularidade mais baixa em 40 anos

Antes de assumir, o democrata Barack Obama tinha uma aprovação de 79%. Já o republicano George W.Bush tinha 62% e Bill Clinton 68%

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O republicano Donald Trump prestará juramento como novo presidente dos Estados Unidos com a popularidade mais baixa que um líder político já registrou em 40 anos no país, de acordo com uma pesquisa publicada nesta terça-feira. O republicano toma posse na próxima sexta-feira como novo presidente do país.

Dados divulgados pelo jornal "The Washington Post" e e pela rede "ABC" afirmam que a popularidade de Trump não supera os 40%, enquanto 54% dos eleitores matêm sentimentos contrários ao magnata. Antes de tomar posse, o democrata Barack Obama tinha uma aprovação de 79%. Já o republicano George W.Bush tinha 62% e o também democrata Bill Clinton, 68%.

Donald Trump vai assumir Presidência dos Estados Unidos na próxima sexta-feiraAFP

A pesquisa, porém, destaca que, apesar da impopularidade, a maioria dos norte-americanos demonstra otimismo em relação à gestão de Trump e ao cumprimento de suas promessas de campanha, como a retomada do crescimento econômico e a luta contra o terrorismo.

Os maiores pontos de crítica a Trump se referem ao escândalo dos ataques de hackers que teriam partido da Rússia e suas relações com Moscou. Vencedor das eleições de novembro contra a candidata democrata Hillary Clinton, Trump logo reagiu à pesquisa no Twitter.

"As mesmas pessoas que fizeram as pesquisas eleitorais falsas, e estavam erradas, agora fazem rankings de aprovação. São manipulados, como antes", escreveu o magnata. A resposta de Trump foi uma alfinetada ao jornal "The Washington Post", que publicou antes das eleições que a candidata Hillary Clinton seria a mais votada. O jornal acertou, mas Trump venceu no colégio eleitoral. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia