Mais Lidas

Trump quer investigar suposto grampo do governo de Obama

Crise entre os dois presidentes se acirra

Por bianca.lobianco

Rio -O presidente dos EUA, Donald Trump, solicitou uma investigação sobre supostas escutas em suas conversas durante a campanha eleitoral e que determine se o governo de Barack Obama cometeu abuso de poder. 

Trump e Obama em pose histórica dias após a eleição%3A mal-estarEfe

Trump não apresentou evidência alguma, e, por meio de seu porta-voz, Obama negou categoricamente a acusação.

Sean Spicer, porta-voz da Casa Branca, afirmou que Trump não fará mais comentários sobre a questão até que o Congresso conclua as investigações.

Trump fez a acusação sobre o grampo numa série de postagens no Twitter, comparando ao escândalo Watergate, de espionagem política, que levou à demissão do então presidente Richard Nixon, em 1974.

O porta-voz de Obama, Kevin Lewis, afirmou que era regra de seu governo que nenhum funcionário da Casa Branca interferisse em investigações do Departamento de Justiça.

“Nem Obama, nem nenhum funcionário da Casa Branca jamais ordenaram a vigilância de um cidadão americano”, disse Lewis, afirmando que qualquer sugestão contrária é falsa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia