Mais Lidas

Maduro rechaça ameaças dos EUA à sua Assembleia Nacional Constituinte

O governante assegurou que a Venezuela 'é um país livre e soberano e não se deixa ameaçar nem intimidar'

Por lucas.cardoso

Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, rechaçou nesta terça-feira declarações do senador republicano norte-americano Marco Rubio, que advertiu que se o mandatário venezuelano insistir em realizar uma Assembleia Constituinte, os Estados Unidos imporão ao seu país "severas sanções". 

Opositores tomaram as ruas esta semana para promover plebiscito contra Nicolás MaduroAFP

"O imperialismo anda ameaçando-nos que se realizarmos a Assembleia Nacional Constituinte eles vão bloquear a Venezuela. Bloquear a Venezuela? A Venezuela ninguém bloquei, compadre", sentenciou Maduro durante um ato no Palácio de Miraflores, sede do governo.

O governante assegurou que a Venezuela "é um país livre e soberano e não se deixa ameaçar nem intimidar por nenhum império deste mundo".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia