City e PSG são multados em € 60 milhões pela UEFA

Clubes foram punidos por gastarem muito mais do que arrecadaram, o que é não é permitido pela entidade

Por douglas.nunes

A Uefa condenou o Manchester City e o Paris Saint-Germain a pagarem uma multa de € 60 milhões por desrespeitar as normas do 'fair-play financeiro', além de limitar a apenas 21 o número de jogadores inscritos por ambas as equipes na próxima edição da Liga dos Campeões.

Normalmente, os clubes podem inscrever 25 atletas para a competição continental.

Manchester City conquistou campeonato inglês com elencos milionários feito com investimento do Mundo Árabe.ANDREW YATES / AFP

Dos 60 milhões de euros de multa, 40 serão devolvidos se ambos "cumprirem as medidas operacionais e financeiras ditadas pela câmara de instrução da Instância de Controle Financeiro (ICFC)" da Uefa, informou a entidade que rege o futebol europeu.

A limitação de jogadores inscritos na Champiomns também pode ser "progressivamente levantada" caso os clubes consigam "alcançar o equilíbrio financeiro".

Para respeitar as normas do 'fair play' financeiro da Uefa, os clubes europeus não podiam, durante as temporadas 2011-2012 e 2012-2013, ter gastos superiores a € 45 milhões a mais do que suas arrecadações, salvo algumas exceções.

City e PSG conquistaram os títulos nacionais nesta temporada e montaram elencos milionários graças aos investimentos dos seus proprietários, ambos do mundo árabe.

O clube de Manchester foi comprado pelo xeque Mansur de Abu Dhabi em setembro de 2009, enquanto o time parisiense pertence ao fundo de investimento QSI, do Catar, desde agosto de 2011.

"Nossa ambição de nos transformarmos em uma melhores marcas do esporte não está sendo em nada abalada por estas medidas", reagiu o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, em um comunicado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia