China abre investigação contra Microsoft por monopólio

Alvo da investigação é o sistema operacional Windows e o pacote Office. Segundo a imprensa oficial, os investigadores visitaram escritórios em Pequim, Xangai, Cantão e Chengdu e entrevistaram seus trabalhadores

Por marta.valim

A China anunciou nesta terça-feira que está investigando o gigante americano Microsoft por exercer um possível monopólio no mercado chinês.

"De acordo com a regulamentação legal, a Administração Estatal de Indústria e Comércio (AEIC) abriu uma investigação sobre supostas ações de monopólio da Microsoft", indicou o organismo em um comunicado.

A investigação aponta o sistema operacional Windows, utilizado na grande maioria dos computadores da China, e seu pacote de programas Office, segundo a nota.

A Microsoft se converte, assim, na mais recente empresa estrangeira que é alvo de uma investigação na China, que colocou sob análise uma série de sociedades, dos campos da informática até o leite infantil.

Representantes da AEIC vasculharam vários escritórios da Microsoft na China, indicou na segunda-feira à AFP uma fonte próxima à investigação.

Segundo a imprensa oficial, os investigadores visitaram escritórioss em Pequim, Xangai, Cantão e Chengdu e entrevistaram seus trabalhadores.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia