Por monica.lima

São Paulo - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta terça-feira que teve lucro líquido de R$ 1,928 bilhão no terceiro trimestre, uma alta de 18,7% ante igual período de 2013.

No acumulado dos primeiros nove meses do ano, o lucro foi de R$ 7,399 bilhões, aumento de 51,4% sobre igual intervalo do ano passado.

No fim de setembro, os ativos totais da instituição somavam R$ 834,756 bilhões, ante R$ 782,044 bilhões no final do ano passado.

Já a carteira bruta de operações de crédito do banco de fomento atingiu R$ 618,1 bilhões no fim do trimestre, acima dos R$ 568,445 bilhões de dezembro de 2013. Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, quando a linha somou R$ 541,2 bilhões, o avanço foi de 14,2%.

A alta foi maior que a registrada por grandes bancos comerciais que já divulgaram resultado do período. O Itaú Unibanco teve crescimento de 10,2 por cento dos empréstimos na comparação anual, enquanto a carteira do Bradesco subiu 7,7%, a do Banco do Brasil cresceu 12,3% e a do Santander Brasil teve incremento de 5,6%.

A participação das 10 maiores empresas clientes do BNDES aumentou de 40% para 43% da carteira total entre o fim do ano passado e setembro último, mostraram dados do relatório do banco.

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio do BNDES alcançou 11,82%, ante 10,15% um ano antes.

Você pode gostar