Marisol concentra produção no Brasil e investe em franquia

Com dólar alto, empresa reduz encomendas no mercado asiático, contrata pessoal e aposta em crescimento

Por diana.dantas

Depois de passar por um 2014 turbulento, com a transferência da linha de produção de calçados do Rio Grande do Sul para sua planta no Ceará e a estruturação da franquia da marca Marisol, lançada este ano, a catarinense Marisol S/A — formada por Marisol, Lilica Ripilica, Tigor e Mineral — planeja expandir sua rede de lojas, tanto com a abertura de franquias quanto com a conversão de lojas multimarcas em unidades Marisol. E, também, por meio da ampliação de sua rede de lojas outlet, que começou a ganhar visibilidade no ano passado.

A empresa, que fabrica por ano 11 milhões de peças de roupas e mais 2,2 milhões de pares de sapatos, vem concentrando uma parcela significativa de sua produção no Brasil. Hoje, segundo Luis Delfim de Oliveira, diretor corporativo de Varejo da Marisol, as duas plantas no Brasil trabalham de forma integrada.

“Boa parte do que vai para as lojas, tanto nas franquias quanto para as unidades multimarcas, sai das nossas duas fábricas, em Jaraguá do Sul e no Ceará. Com o dólar mais alto, temos a capacidade de calibrar o nosso nível de produção interna e, nesse momento, estamos aumentando a fabricação local. Hoje, mais de 70% do que produzimos são feitos no mercado interno e o restante vem de parceiros no exterior, principalmente da China”, diz Oliveira, que, ao contrário de outros segmentos e até mesmo de alguns de seus pares, afirma que está precisando contratar pessoas para as linhas de produção da marca.

Apesar de considerar o ambiente econômico “tão ou mais desafiador” do que o visto no ano passado, Oliveira diz que a empresa está confiante em seu projeto de abertura de lojas. Com a nova franquia da Marisol, a empresa espera chegar a 15 unidades este ano. O investimento inicial em uma franquia é de cerca de R$ 400 mil e Oliveira afirma que, apesar de a companhia hoje trabalhar com quatro frentes de negócios, a nova franquia da Marisol é o foco principal do grupo esse ano.

“Com base na experiência que obtivemos com a franquia Lilica&Tigor, optamos por desenvolver uma rede monomarca com a Marisol, que já é uma marca consolidada no mercado. Estamos bem impressionados com a procura por informações a respeito da franquia em tão pouco tempo de lançamento e, até o momento, com apenas uma unidade aberta, em Curitiba”, comenta Oliveira.
Além da franquia da Marisol, em 2015 a companhia também decidiu acelerar a expansão da rede One Store Marisol, com o plano de abertura de 100 novas lojas. Hoje, já existem 260 filiais da marca em todo o país.

“Esta não é uma rede exclusiva das marcas da Marisol e nosso parceiro pode ter outras marcas para colocar à venda nas lojas. Não é um projeto de franquias como Lilica&Tigor e, agora, Marisol. O projeto da One Store Marisol é o de conversão de lojas multimarcas em todo o país pela nossa marca. O planejamento de 100 lojas está dentro do que projetamos para 2015 como viável”, explica Oliveira.

Já a franquia mais madura do grupo — a Lilica&Tigor, com 169 lojas em funcionamento —, terá este ano foco no licenciamento de marcas. Oliveira fechou contratos com empresas como a Mattel, para a produção de roupas, calçados e acessórios para o público infantil.

“Hoje, temos um refinamento das linhas licenciadas e também de nossa extensão de linhas com a oferta de produtos que possam atender a todas as necessidades de lojistas e consumidores. Era antes um trabalho para a marca Lilica&Tigor e que se estende para a franquia Marisol”, detalha ele. 

O executivo da Marisol S/A acrescenta que o esforço da empresa estará concentrado também na ampliação do projeto de abertura de lojas da marca Outlet Marisol.

“O segmento de outlets no Brasil está voltando a crescer e, por conta disso, decidimos investir mais nesse mercado. Hoje, temos quatro lojas em funcionamento em Jaraguá do Sul e Tijucas, em Santa Catarina, Itupeva, em São Paulo, e Alexânia, em Goiás. Novas lojas serão abertas este ano”, diz ele, acrescentando que o foco das lojas outlet é a venda produtos de coleções passadas com até 50% de desconto e também peças recentes, por marca.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia