Brasil vai sediar maior competição de educação profissional do mundo

World Skills 2015 será realizada no Complexo do Anhembi durante quatro dias, de 11 a 16 de agosto

Por douglas.nunes

O Brasil vai sediar, em 2015 a World Skills, considerada a maior competição de educação profissional do mundo. O local escolhido foi São Paulo e provas envolvendo 49 profissões, durante quatro dias — de 11 a 16 de agosto — serão realizadas no Complexo do Anhembi. É a primeira vez que um país sul-americano é responsável pela organização do evento, que acontece a cada dois anos. Isso quer dizer que os estudantes vencedores da Olimpíada do Conhecimento, realizada pelo Senai, se prepararam para uma espécie de pré-olímpico e agora vão disputar medalhas de ouro, prata e bronze em um universo de 1.300 competidores de 59 países participantes.

World Skills acontecerá pela primeira vez em um país sul-americanoMiguel Angelo/CNI

O CEO da World Skills, David Hoey, esteve em Belo Horizonte, no Expominas, onde aconteceu a olimpíada brasileira e destacou a importância do evento para estimular os estudantes a buscar o ensino técnico para crescimento pessoal e profissional. Fazer do Brasil a sede do mundial também será mais um meio de estimular o interesse dos jovens. Isso porque apenas 6,6% deles optam por cursos técnicos, enquanto na média das 34 nações mais desenvolvidas, o índice dos que escolhem a educação profissional é de 35%, segundo pesquisas feitas pela organização do World Skills. Até 2015, de acordo com o Mapa do Trabalho Industrial no Brasil, o país terá que formar 7,2 milhões de trabalhadores de nível técnico para profissões industriais. Trabalhadores que também terão potencial para empreender. Fundada em 1950, a World Skills international é uma organização global que representa 72 países e trabalha junto a escolas profissionalizantes, professores e indústrias para o desenvolvimento da força de trabalho do setor.

Mr. Beer acelera expansão pelo Brasil

Já que as cervejas especiais caíram no gosto do brasileiro, a Mr. Beer, rede de franquias de cervejas do tipo, segue em expansão e chegará a nove unidades no estado do Rio até outubro. No Brasil, a meta é terminar 2014 com 100 unidades e faturamento de R$ 60 milhões, um crescimento de mais de 60% comparado com o ano anterior.

Açaí no Ponto diversifica modelos

A rede Açaí no Ponto, de Manaus (AM), entra na fase de fortalecimento da marca em todo o Brasil e a internacionalização da franquia. Sua maior presença é nas regiões Norte e Nordeste, onde estão 40 das 60 lojas em funcionamento. No projeto de expansão, modelos de lojas, quiosques e também food trucks.

Senhor Garibaldi põe fermento na rede

A marca de hot dog gourmet Senhor Garibaldi inicia o processo de expansão inaugurando sua primeira franquia, em Curitiba (PR), onde a empresa tem uma unidade própria. A expansão visa a entrada no Paraná, Santa Catarina e São Paulo. A ideia é terminar 2015 com aproximadamente 10 unidades.

Soluções & oportunidades

O Sebrae promove, nos dias 10 e 11 de setembro, em Belo Horizonte, a quinta edição do Encontro Nacional de Centrais de Negócios e Redes. Os interessados podem se inscrever, gratuitamente, pelo site www.enacen.com.br

O encontro vai discutir a força do associativismo no incremento da competitividade. A edição 2014 do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios finaliza as inscrições com 11.471 empreendedoras inscritas, um crescimento de 64,2% em relação ao ano passado. O prêmio do Sebrae, em parceria com a BPW Brasil e com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), visa de reconhecer e premiar as melhores iniciativas femininas no empreendedorismo.

O franchising chegou ao teatro. A espanhola Ciência Divertida estimula crianças a descobrirem a ciência através de oficinas de teatro. Em formato Home Based, está em mais de 37 países, com mais de 146 escritórios. “A Ciência Divertida é nova no Brasil, mas já está consolidada em vários países”, diz o diretor executivo da master franquia no Brasil, Júlio Martinez. Segundo ele, o negócio social alia lucro a projetos de conscientização. O Reino Unido é uma das regiões onde os negócios sociais estão mais desenvolvidos. Dados de 2013 apontam que o setor movimentou R$ 74 bilhões na região, segundo estudo da Social Enterprise UK.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia