Brasil comemora o Dia Nacional dos Animais

Apesar da data, o país ainda tem muito o que melhorar

Por marina.rocha

Niterói - Eles podem ser de estimação ou não, viver na terra, no mar ou no ar, serem grandes, pequenos, bonitos, feios e até estranhos, mansos ou perigosos. Não importa. Seja como for, os animais são seres vivos, merecem nosso cuidado e respeito e têm grande importância para o equilíbrio do planeta onde vivemos.

Tanto que ganharam um dia especial só para eles, pelo menos no Brasil, que foi comemorado ontem: o Dia Nacional dos Animais.

A preocupação com os animais vem crescendo e a internet não me deixa mentirReprodução Internet

Mas quando pensamos neles, logo vêm a nossa cabeça aqueles seres fofinhos, peludos, de quatro patas que temos em casa, os cachorros e gatos. Ou ainda nos pássaros e peixes, com quem também costumamos dividir nosso espaço. Mas existem muitas, mas muitas outras espécies além. E, apesar da data comemorativa, essa é uma causa que começou a ser discutida por aqui muito tempo depois se comparado a outros países.

No livro A Proteção Jurídica aos Animais no Brasil, da Fundação Getúlio Vargas, os autores Samylla Mól e Renato Venancio contam que filósofos como Sócrates, Aristóteles, René Descartes, Voltaire, entre outros, já discutiam sobre esse assunto.

Para alguns deles, os animais não passavam de máquinas porque eram irracionais. Outros defendiam que tinham sentimentos, portanto, eram capazes de sofrer e que tal comparação era absurda. E é claro que é mesmo!

O gosto pelos animais também ainda divide opiniões, o que é uma pena. Uns gostam, outros não. Alguns defendem que continuem sendo usados em pesquisas para desespero de outros. Muitos se importam com a extinção de algumas espécies, outros não estão nem aí para a causa. Há ainda aqueles que se tornaram vegetariano pela proteção animal, muito diferentes dos que não dispensam um churrasco.

Apesar dessas diferenças, a preocupação com os animais vem crescendo e a internet não me deixa mentir. Recebo vários e-mails pedindo o fim da matança de espécies em extinção, já perdi a conta de quantos blogs e sites já li falando deles e fora os pedidos de adoção e ajuda para animais abandonados e maltratados que pulam a todo segundo no meu Facebook, e que são devidamente compartilhados, claro.

Aliás, maltratar animais é crime e Rafael Hermida agora aprendeu a lição, ou pelo menos, espero que acho que sim. Ele foi flagrado batendo nos cachorros da noiva e o vídeo postado na internet. Ele perdeu a companheira e ganhou um processo na Justiça. E o que nós esperamos é que, sim, justiça seja feita.

Tire sua dúvida

Gabriela Barros, Itaipu: Minha cachorra tem uma hérnia umbilical. É grave? Precisa operar?

Flávia C. R. do Nascimento, veterinária: Somente podemos saber se o problema está atingindo algum órgão por meio de ultrassonografia, que deve ser solicitada pelo médico veterinário. Apenas depois desse exame é que pode se chegar a um diagnóstico e tratar do problema adequadamente.

Zion é um pastor belgaDivulgação

Me leva?!

Sou Zion, 2 anos, pastor belga, doce e castrado. Tenho um dodói na pata, que está sendo cuidado, e preciso de um lar. contato@quatropatinhas.com.br

Seja padrinho

Lembram dos 33 cães encontrados presos em pequenas caixas e que foram resgatados em Teresópolis? A ONG Paraíso dos Focinhos (www.paraisodosfocinhos.com.br), que abrigou 9 deles, pede ajuda para os outros, que estão em lares temporários. Debilitados, precisam de tratamento e alimentos. Quem quiser apadrinha-los é só falar com Fernanda, que liderou o resgate, pelo fernanda.of.maia@gmail.com.

Corrida animal

A 2ª etapa da Corrida Social, que acontecerá em 25 de maio, em Niterói, vai apoiar as ações Proteção Animal e Adotar É O Bicho, ambas da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade da prefeitura da cidade. O evento é e da LÓCO e vai destinar 20% do valor da inscrição para os projetos. Serão 9 km de corrida e 4,5 de caminhada. A largada e chegada serão na Praça na Rua Almirante Benjamin Sodré, perto do MAC. Informações: www.corridasocial.com. As inscrições começam no próximo dia 23. Corre lá!

Hora gostosa

Não é fashion esse comedouro da Zee Dog? É feito de melamina (plástico inquebrável semelhante à porcelana), fácil de lavar, não acumula bactérias e ainda possui grip, sistema antiderrapante para que ele não escorregue enquanto seu cãozinho estiver comendo. Ele vai adorar! Pode ir na lava-louças. A partir de R$ 55. A Zee Dog fica no 3º piso do Plaza Shopping. Rua 15 de Novembro 8, Centro. Tel.: 3587-5859.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia