Mais Lidas

Governistas ainda acreditam na votação da MP dos Portos

A Medida Provisória cria regras para as futuras concessões e autorizações de instalações portuárias

Por tabata.uchoa

Brasília - Deputados da bancada governista ainda acreditam na votação da Medida Provisória (MP) 595/2012, chamada MP dos Portos, esta semana. A MP, que cria regras para as futuras concessões e autorizações de instalações portuárias, perderá a validade na próxima quinta-feira (16) e até lá precisa ser votada nos plenários da Câmara e do Senado.

O líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães, disse à Agência Brasil neste domingo (12) que a “palavra de ordem é votar” e que os parlamentares do partido atenderão à convocação feita pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para votar a matéria nesta segunda-feira (13) às 18h. “A minha responsabilidade é mobilizar a bancada do PT e ela estará 100% no plenário”, garantiu Guimarães.

O deputado disse que a sessão de segunda-feira servirá ao menos para adiantar as discussões e permitir que a votação ocorra no dia seguinte. “É preciso desconstruir a ideia de que a MP é importante para Dilma. Essa matéria é importante, na verdade, para o Brasil”.

Para o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), não há nenhuma chance de a medida provisória ser votada. “Ante a suspeição que foi levantada pelo deputado [Anthony] Garotinho, enquanto esse assunto não for esclarecido não temos como votar essa matéria”, disse.

Na última quarta-feira (8) a votação da matéria foi inviabilizada depois que o líder do PR, deputado Anthony Garotinho (RJ), disse que alterações ao texto enviado pelo governo foram frutos de “negociatas”. Ele acusou o PMDB com apoio de outros partidos de ter se favorecido economicamente na apresentação de uma emenda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia