Reforma política não valerá para 2014, diz Vaccarezza

Relatório final do colegiado deve ficar pronto até outubro

Por julia.amin

Brasília - Coordenador do grupo de trabalho da reforma eleitoral na Câmara dos Deputados, instalado nesta quarta-feira, o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) disse aos colegas que compõem o colegiado que não pretende aplicar quaisquer modificações aprovados no grupo para as eleições do ano que vem. "Nada aprovado aqui é para 2014", resumiu o coordenador do grupo.

Vaccarezza é coordenador do grupo de trabalho que discute a reforma políticaReprodução


O deputado acrescentou ainda que, em 2016, as eleições municipais servirão de laboratório para as alterações aprovadas, para que tudo funcione na sua plenitude somente nas eleições de 2018.

Também durante a reunião, o coordenador do grupo de trabalho propôs que sejam realizadas quatro audiências públicas para discutir o assunto, até o final de agosto. A expectativa, segundo ele, é de que o relatório final do colegiado fique pronto até outubro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia