Treinador paraguaio é preso por tentar violentar menino de 11 anos em Goiás

Homem foi conduzido a uma prisão local e não responderá em liberdade após fiança, porque a vítima é menor de idade

Por helio.almeida

Goiás - A Polícia Civil de Goiás prendeu nesta terça-feira, na cidade de Jataí, no centro do Estado, o técnico de futebol paraguaio Julián Jacquet, acusado de tentar violentar um menino de 11 anos. O delegado Ederson Bueno, responsável pela investigação, afirmou à imprensa que o suspeito foi detido em flagrante.

Jacquet, 47 anos, foi conduzido a uma prisão local e não poderá ser posto em liberdade após pagamento de fiança, porque a vítima é menor de 14 anos. O técnico era encarregado de uma equipe infantil que participava do campeonato Copa Eco-Thermal, que reúne clubes brasileiros e de outros países da região em categorias de 11 a 17 anos.

Julián Jacquet é acusado de abusa de menino de 11 anos da equipe da qual treinavaReprodução Internet


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia