Servidores das agências reguladoras assinam acordo salarial com o governo

Reajuste foi de 5,8% até 2015. Trata-se do mesmo percentual ofertado a outras categorias do serviço público fedederal

Por joyce.caetano

Brasília- Servidores das agências reguladoras assinaram nesta quinta-feira acordo com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão aceitando reajuste de 15,8% parcelado até 2015. Trata-se do mesmo percentual ofertado a outras categorias do serviço público federal após a campanha salarial de 2012.

A maioria aceitou e fechou acordo com o governo. Como os servidores das agências reguladores só aderiram à proposta agora, receberão o aumento dividido em duas parcelas em vez de três como os demais servidores.

Segundo informações do Ministério do Planejamento, serão incorporados 10,25% do aumento em janeiro de 2014 e 5% em janeiro de 2015. O impacto orçamentário será R$ 226 milhões. Pelo acordo, também será extinta a partir do próximo ano a gratificação de qualificação, paga aos servidores de nível superior. A nova remuneração será composta de vencimento básico e gratificação de desempenho. Será criado, ainda, um grupo de trabalho para discutir a reestruturação de carreiras nas agências reguladoras.

Os funcionários, que aderiram à paralisação geral do serviço público no ano passado, este ano ameaçaram entrar em greve mas não chegaram a deflagrar o movimento. Em sua página na internet, o Sindicato Nacional dos Servidores das Agências de Regulação (Sinagências) informou a assinatura de acordo com o governo. Para o presidente da entidade, João Maria Medeiros de Oliveira, “o acordo apresenta, dentro do que foi possível, um avanço”.

Reportagem de Mariana Branco

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia