PT anuncia que deixará governo Cabral no dia 28 de fevereiro

Candidatura de Lindbergh Farias é confirmada, e será oficializada em breve

Por raphael.perucci

Rio - O PT deixará o governo Sérgio Cabral (PMDB) no dia 28 de fevereiro. A decisão foi tomada no início da tarde deste sábado, após reunião da executiva estadual do partido, no Centro do Rio. O anuncio foi feito, no auditório do prédio do Sindicato dos Bancários, pelo presidente nacional da sigla, Rui Falcão, junto do pré-candidato ao governo do estado, senador Lindbergh Farias, e do presidente regional da legenda, Washington Quaquá, para uma plateia de mais de 250 militantes.

Lindbergh Farias posa ao lado de Rui Falcão%2C presidente do PTCarlos Moraes / Agência O Dia

A saída do governo Cabral ocorre no momento em que o PT do Rio fazia pressão no diretório nacional para deixar ao menos 700 cargos que ocupa, incluindo as secretarias estaduais de Assistência Social e de Meio Ambiente.

"No dia 1º de março não haverá mais nenhum petista no governo Cabral. Convocamos para o dia 22 de fevereiro um encontro estadual do PT que vai oficializar a candidatura do Lindbergh Farias a governador e no dia 23 vamos fazer a apresentação de nosso candidato aos militantes do PT num evento que pretendemos reunir cerca de 10 mil pessoas, no Centro do Rio. Dando assim, a largada para a pré-campanha do Lindbergh", disse o presidente regional da legenda, Washington Quaquá, que também é prefeito de Maricá.

Lindberg Farias%2C Rui Falcão e Washington Quaquá Carlos Moraes / Agência O Dia


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia