Humorista Fausto Fanti estava deprimido, segundo esposa

Delegado informou que o caso está sendo tratado como suicídio, mas que seguirá com a investigação na próxima semana, respeitando o luto da família

Por leonardo.rocha

Delegado informou que o caso de Fausto Fanti está sendo tratado como suicídioReprodução

A morte de Fausto Fanti, integrante do humorístico "Hermes e Renato", está sendo tratada como caso de suicídio. A informação foi confirmada pelo delegado Willian Moitinho Navarro, do 23º Distrito Federal, em Perdizes. “Tudo nos leva a crer (que foi suicídio). Pelo o que a mulher falou, ele estava chateado, deprimido, porque estavam em processo de separação”, afirmou Moitinho, que terá mais informações sobre o caso apenas depois de ouvir formalmente a mulher do ator, o que deve acontecer apenas na próxima semana.

“O ambiente não fica agradável no local com o marido morto, não tem clima para perguntar nada. Hoje ela está cuidando do enterro, o corpo vai para o Rio. Acredito que, só na segunda ela dará uma forma de falar com a gente”, explicou o delegado, que prefere aguardar a data do que iniciar qualquer investigação agora. “É uma questão de sentimento humano”, defendeu ele.

Moitinho afirmou ainda que não há nenhum indício de uso de drogas no local, mas que tudo será informado pela perícia, nas próximas semanas. “Pedimos perícia, IML. Os peritos que farão todo esse serviço, examinar, ver se tem tipo de drogas no corpo, outros ferimentos. Nas próximas semanas, eles devem nos passa algum laudo preliminar”.

Moitinho contou ainda que, quando a polícia chegou ao apartamento de Fausto, a mulher do ator, Karla Peixoto, e Adriano Silva, outro integrante do Hermes e Renato, já haviam retirado o corpo da banheira aonde foi encontrado. “Ela e o Adriano que entraram primeiro, o encontraram morto dentro do banheiro, tentaram reanimar, não conseguiram. Quando a policia chegou, já tinham até removido do local”, explicou o delegado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia