Observatório da UnB registra abalo sísmico no Rio Grande do Sul

Primeiro abalo foi registrado às 22h46 com magnitude de 2,6 graus na Escala Richter

Por leonardo.rocha

Rio Grande do Sul - A cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, sofreu uma sequência de quatro tremores de terra na noite deste domingo, segundo o Observatório Sísmico da Universidade de Brasília (Obsis-UnB). De acordo com o instituto, essa foi a primeira vez que o fenômeno foi registrado na cidade gaúcha.

Em relatório divulgado na tarde desta segunda-feira, o Obsis informa que o primeiro abalo foi registrado às 22h46 (hora local) com magnitude de 2,6 graus na Escala Richter, seguido por abalos com magnitude inferior a 2 graus.

O Corpo de Bombeiros de Gramado informou que recebeu mais de 30 ligações, entre às 23h e às 2h, com relatos sobre o ocorrido. Segundo a corpotação, a guarnição deslocou equipes principalmente para os bairros de Piratini e Floresta, mas não detectou a existência de abalos estruturais.

Os tremores foram registrados pela estação de monitoramento instalada em Canela-RS, cidade distante 9 quilômetros de Gramado, que pertence ao Obervatório Sísmico da UnB. O observatório resgistrou este ano, além dos quatro tremores na cidade gaúcha, seis pequenos terremotos em Montes Claros (MG), um em São José da Lapa (MG) e um em Mutunópolis (GO).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia