Santa Casa de Santos mobiliza ação emergencial após acidente com Eduardo Campos

Esquema de emergência foi implantado no local para atender possíveis vítimas da tragédia em São Paulo

Por leonardo.rocha

Santos - A Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Santos informou que após o acidente com a aeronave que matou o candidato à presidência do Brasil Eduardo Campos, e mais seis pessoas, na manhã desta quarta-feira, um plano de Ação Hospitalar de Atendimento de Acidente com Múltiplas Vítimas foi mobilizado.

Candidato à Presidência Eduardo Campos morre em queda de jato

A ação consiste em colocar à disposição em situação de emergência profissionais das áreas de traumatogia, ortopedia, cirurgia plástica e tomografia, entre outras especialidades, além de equipes de enfermagem e Banco de Sangue. Para atender possíveis vítimas do trágico acidente em São Paulo, também foram disponibilizadas vagas no Centro Cirúrgico e UTIs.

O primeiro atendimento ocorreu às 10h40 da manhã desta quarta-feira. Foram atendidas seis vítimas do acidente, todas com ferimentos leves. Entre os acidentados estavam uma idosa de 78 anos, um rapaz de 29 anos, duas mulheres, de 34 e 37 anos, e duas crianças, uma de l,5 ano e outra de 9 anos.

Conforme a Diretoria Clínica, apenas o bebê de 1,5 anos deve seguir em observação, mas ele passa bem. Os demais já receberam alta.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia