Bispo Macedo não recomenda casamento entre pessoas de 'raças diferentes'

Líder da Igreja Universal acredita que frutos de casais podem vir a sofre descriminação racial

Por leonardo.rocha

São Paulo - O bispo e líder da igreja Universal Edir Macedo comentou nesta segunda-feira assuntos polêmicos em seu artigo publicado no site da Igreja Universal do Reino de Deus, onde abordou temas como relacionamentos, idade, raça e a complexidade que envolve o assunto.

Bispo Edir MacedoAg. News


O texto trata das diferenças "raça" de idade entre homem e mulher, e dá recomendações explícitas sobre o que deve ou não ser feito quando o assunto é casamento. O bispo afirma que “o rapaz que deseja fazer a obra de Deus não deve se casar com uma moça que tenha idade superior à dele. Para não se deixar influenciar por ela”. Edir Macedo abre exceções para homens maduros, mas ressalta que essa diferença não deve ultrapassar dois anos.

Entre os argumentos usados pelo bispo para justificar sua postura, estão a possibilidade de traição quando a esposa envelhecer ou a probabilidade de ela tornar-se “mandona” com o passar do tempo.

Sobre a diferença étnica, Macedo é enfático ao afirmar que "não haveria nenhum problema para o homem de Deus se casar com uma mulher de raça diferente da dele, não fossem os problemas da discriminação que seus filhos poderão enfrentar nas sociedades racistas deste mundo louco", afirma.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia