Jovem falsifica identidade para visitar namorado preso e diz que é 'por amor'

Adolescente afirmou que o companheiro é uma pessoa boa, e que não tem apoio da família para visitá-lo

Por tamara.coimbra

Rio Grande do Norte - Uma adolescente de 17 anos admitiu ter usado um documento de identidade falsificado para visitar o namorado que cumpre pena na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. Ela foi apreendida nesta quarta-feira após a visita íntima. A jovem disse que agiu dessa maneira porque gosta do rapaz, e que fez "por amor".

De acordo com a direção do presídio, no RG da adolescente constava 21 anos. A idade mínima para poder entrar na unidade em dias de visita íntima é 18 anos. A direção informou ainda que com a identidade falsa a jovem conseguiu atestado de bons antecedentes criminais e uma certidão de união estável — documentos que são exigidos para este tipo de visita.

Na ocasião, uma das agentes notou que a assinatura usada pela menina era diferente da que estava no documento de identificação. Após a visita, ela foi abordada e admitiu que tinha 17 anos.

A jovem explicou à polícia que usou o RG falso porque não tem o consentimento dos pais para ver o namorado, que está preso há dois anos por assalto à mão armada e abandono de incapaz.

"Minha família não aceita. Fiz isso porque eu gosto dele. Ele é uma pessoa muito boa", disse a adolescente que também admitiu que fez outras três visitas ao companheiro usando a identidade falsa.

A direção afirmou que o namorado sofrerá sanções disciplinares por fazer com que a garota fosse até a unidade. A jovem foi entregue aos cuidados da família.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia