Leilão de bens de traficantes arrecada R$ 320 mil em Mato Grosso do Sul

Dinheiro do leilão deve ser gerido pelo Funad, sendo que 80% do total arrecadado serão destinados ao estado

Por victor.duarte

Mato Grosso do Sul - O leilão de bens apreendidos de traficantes feito pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça, arrecadou cerca de R$ 320 mil. Ele ocorreu nesta quarta-feira na cidade de Ponta Porã, no interior de Mato Grosso do Sul. Foram leiloados 38 veículos, desde sucatas diversas.

O dinheiro do leilão deve ser gerido pelo Fundo Nacional Antidrogas (Funad), sendo que 80% do total arrecadado serão destinados ao estado de Mato Grosso do Sul. Segundo o coordenador do leilão e membro do Conselho Estadual Antidrogas (Cead) de Mato Grosso do Sul, major Antônio Cézar Pereira, o recurso será aplicado em ações de combate às drogas.

“Esse valor vai ser dividido pelo estado, entre a polícia, o Cead e outros órgãos. O dinheiro vai ser investidos em ações voltadas à redução da demanda, que é preventiva, e da oferta de drogas, que é a repressão ao tráfico”, explicou. Na próxima semana, mais dois leilões devem ser abertos, por meio da internet.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia