Por paulo.lima

Chã de Alegria, PE - Um jovem de 20 anos matou o próprio pai na noite desta terça feira. O crime ocorreu na zona rural da cidade de Chã de Alegria, localizada na Zona da Mata de Pernambuco. O corpo do agricultor de 50 anos foi encontrado na beira da estrada que liga o sítio da família ao centro da cidade. A polícia foi até o local por meio de uma denúncia da irmã do jovem.

“No meio do caminho, vimos uma grande poça de sangue na estrada. Seguimos o rastro, que ia para a beira da estrada, e achamos o corpo escondido no meio do mato”, contou o soldado Paulo Delfino de Lima. "Foi uma facada no pescoço tão intensa que quase arrancou a cabeça da vítima", completou o soldado.

O filho do agricultor foi abordado pelos policiais após os moradores alertarem que ele estaria próximo ao local do crime. Em depoimento, o jovem disse que não se arrepende do crime. "Ele tinha uma rixa antiga com o pai. O jovem que tratava ele mal porque achava que seu pai era homossexual e havia traído a mãe com um homem”, explicou o soldado Delfino.

O acusado foi encaminhado à Delegacia de Vitória de Santo Antão, localizada a 20 km de Chã de Alegria, onde irá prestar depoimento nesta quarta feira. Após cometer o crime, o jovem foi até a casa de sua mãe para trocar a camisa manchada de sangue, o que não causou estranhamento. “Ela não desconfiou de nada porque ele é usuário de drogas e vive desarrumado”, afirmou o soldado.

A irmã da vítima revelou, em depoimento, que o jovem estava morando no sítio há 15 dias e costumava brigar com o pai. Na terça feira, ele teria passado todo o dia amolando a faca do tipo peixeira para matar o pai. A arma não foi encontrada e o corpo do agricultor foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Recife.

Você pode gostar