Janot defende Operação Lava Jato

Procurador afirmou que não permitirá que 'prosperem tentativas de desacreditar as investigações' que apuram o escândalo da Petrobras

Por karilayn.areias

Brasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, divulgou ontem nota oficial e um comunicado interno aos membros do Ministério Público Federal para defender a atuação da entidade na Operação Lava Jato, que apura o escândalo da Petrobras.

Na nota, Janot afirmou que não permitirá que “prosperem tentativas de desacreditar as investigações e os membros da instituição”. Ele disse também que o Ministério Público Federal “cumprirá seu dever constitucional e conduzirá a apuração nos termos da lei, com o rigor necessário”. Janot defendeu ainda o uso da delação premiada, que “tem permitido conferir agilidade e eficiência à coleta de provas, de modo a elucidar todo o esquema criminoso”.

O procurador disse ainda que soltou a nota “em função das recentes notícias veiculadas na imprensa”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia