Guarapiranga passa Cantareira e vira principal fornecedor de água de SP

Nível do Sistema Cantareira, que já havia subido no fim de semana para 12,3%, chegou nesta segunda-feira a 12,9%

Por victor.duarte

São Paulo - Com seguidas reduções na capacidade de abastecer a Grande São Paulo, o Sistema Cantareira deixou de ser, em fevereiro – pela primeira vez desde sua criação, em 1973 – o principal fornecedor de água da região metropolitana de São Paulo, posto assumido agora pelo Sistema Guarapiranga.

Segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), em fevereiro deste ano, o Cantareira produziu, em média, 14,03 metros cúbicos por segundo (m³/s) de água. No Guarapiranga, o valor chegou a 14,49 m³/s, seguido do Sistema Alto Tietê, que entregou 11,04 m³/s de água no período.

O nível do Sistema Cantareira, que já havia subido no fim de semana para 12,3%, chegou nesta segunda-feira a 12,9% do reservatório. No Guarapiranga, o nível passou de 67,7% para 69,3%.

Guarapiranga passa Cantareira e vira principal fornecedor de água de SPiG


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia