Professores de SP devem iniciar greve da rede estadual a partir de segunda

Decisão foi tomada em assembleia feita pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo

Por victor.duarte

São Paulo - Os professores da rede estadual de São Paulo aprovaram greve da categoria a partir da próxima segunda-feira. A decisão foi tomada em assembleia feita pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) na tarde desta sexta-feira na avenida Paulista.

A assembleia foi marcada no mesmo dia em que diversas centrais sindicais protestam na avenida a favor da Petrobras e contra a corrupção em manifestações pró-Dilma.

A greve deve começar na próxima segunda-feira em todas as escolas da rede estadual. Durante a votação, Maria Izabel Noronha, presidente da Apeoesp, chegou a ser vaiada por um grupo que gritava: "Fora, Bebel". Mais tímido, outro grupo apoiava a presidente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia