Polícia Civil procura integrantes da 'gangue da vaca'

Quadrilha já roubou 500 animais em um ano

Por fernanda.macedo

São Paulo - A Polícia Civil investiga um grupo denominado "gangue da vaca" que já roubo 500 animais em propriedades rurais da região de Ribeirão Preto (SP). Segundo autoridades locais, os furtos das cabeças de gado acontecem de madrugada e se concentram em fazendas de Brodowski (SP) e Jardinópolis (SP).

Quadrilha já roubou 500 animais em um anoReprodução TV Globo

Os registros pela polícia já acontecem desde fevereiro do ano passado, mas o inquérito só foi instaurado na última sexta-feira, quando quase uma tonelada de carne em estado de decomposição e sem procedência comprovada foi apreendida em um frigorífico no Parque Ribeirão, em Ribeirão Preto.

Segundo o delegado de Brodowski, José Augusto Franzini de Almeida, o dono do estabelecimento foi indiciado como suspeito de integrar a chamada “gangue da vaca”. No entanto, outros participantes estão sendo procurados

"Nesse momento vamos tentar identificar os demais participantes porque a gente acredita que existe toda uma logística. Existem as pessoas que vão furtar, as pessoas que recebem, as pessoas que transportam. Eu não acredito que tenha sido praticado por uma pessoa só", afirmou o delegado em entrevista à EPTV.

Aguardando um posiconamento das autoridades, proprietários das fazendas atingidas resolveram investir em segurança particular e pedem mais patrulhamento rural às autoridades. Estima-se que, em um ano, o prejuízo foi de R$ 1,5 milhão com os furtos.

De acordo com a polícia, o policiamento preventivo já está sendo feito nos locais onde há maior incidência de crimes.







Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia