Casal é assaltado e sequestrado em SP; namorada morre com tiro na cabeça

Jovens foram levado para favela e levaram um tiro na cabeça cada. Criminosos tentaram queimar ainda o carro das vítimas

Por tamara.coimbra

Camila Beraldo Talarico entregava pão com o namoradoReprodução TV Globo

São Paulo - Uma universitária de 25 anos e o namorado, 26, foram assaltados, sequestrados e baleados na cabeça neste domingo, em São Paulo. Os jovens, abordados em Itaquaquecetuba, foram levados pelos criminosos para Suzano, onde o crime aconteceu. Camila Beraldo Talarico não resistiu aos ferimentos. O namorado, que não teve o nome divulgado, foi resgatado e segue internado em um hospital de Suzano.

De acordo com a Polícia Militar, o casal fazia entrega de pães, por volta das 7h30, quando foi rendido pelos bandidos. O jovem informou que três homens armados se aproximaram de seu carro — uma Fiorino branca — e os levaram para uma favela.

Mesmo ferido na cabeça, o rapaz estava consciente e contou à polícia que eles chegaram a conversar com os criminosos e, depois, foram levados para a comunidade no bairro Miguel Badra, onde foram baleados na cabeça. Depois, os ladrões abandonaram o carro das vítimas e fugiram.

O jovem relatou ainda que os bandidos levaram o dinheiro do casal, mas não soube dizer o valor. O rapaz também não soube explicar em que momento eles foram atingidos.

No boletim de ocorrência, foram descritos indícios de que os três homens teriam tentado atear fogo ao carro. Objetos foram queimados no baco do motorista, e uma touca foi colocada no compartimento de entrada de combustível. Além disso, o carro do casal tinha marca de tiro na porta traseira.

Camila será enterrada nesta segunda-feira no Cemitério São Salvador, em Mogi das Cruzes. A Delegacia de Homicídios de Mogi das Cruzes vai investigar a morte da jovem. Já os policiais do departamento de homicídios de Suzano fazem diligências para localizar os três suspeitos.

Carro do casal tinha indícios de incêndio%2C como uma touca tampando o compartimento de combustível%2C e marca de tiro na porta traseiraReprodução TV Globo


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia