Thor Batista diz que teve 'pensamentos suicidas' após crise do pai

Fisiculturista e atual diretor de uma das empresas de Eike contou que tomou remédios tarja preta

Por clarissa.sardenberg

Rio - Thor Batista revelou, em entrevista à "GQ", publicada nesta semana, que teve "pensamentos suicidas" após as denúncias contra seu pai, Eike Batista, e o declínio do império da família. Na entrevista, ele contou que lutou para manter o equilíbrio emocional em meio aos turbulentos relatos e processos que a família teve que enfrentar sobre as supostas práticas ilegais de Eike no mercado financeiro.

Thor contou que Eike já experimentou energético%2C desenvolvido por ele%2C que dobra intensidade do orgasmo Ag. News

Thor revelou que 2013 foi o "pior ano da sua vida". "Tomei antidepressivo, remédio para dormir, tarja preta e cheguei a ter pensamentos suicidas”, contou à publicação.

Além de fisiculturista, atualmente o filho mais velho de Eike é diretor da EBX holding. Ele comentou de maneira entusiástica sobre um novo projeto: “Um energético desenvolvido por mim que tem efeito durante cinco horas e que dobra a intensidade do orgasmo. Meu pai já experimentou”, revelou Thor.

Saiba mais: Juiz do caso Eike Batista devolve R$ 599 mil desviados da Justiça

Leia: Empresário Eike Batista é condenado a pagar mais de R$ 1 milhão em multas

Confira: 'I'll be back', avisa Eike Batista em entrevista para jornal

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia