Nova fase da Lava Jato prende executivos de empreiteiras

Presidentes da Odebrecht e da Andrade Gutierrez estão entre os detidos da 14ª fase da operação

Por tamara.coimbra

Rio - A Polícia Federal cumpre desde a madrugada desta sexta-feira a 14ª fase da Operação Lava Jato, chamada Operação Erga Omne. Em coletiva de imprensa, a PF informou que nove dos 12 mandados de prisão já haviam sido cumpridos. Entre os detidos estão Marcelo Odebrecht — presidente da Odebrecht — que foi preso em casa, em São Paulo, e Otávio Marques Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez.

Marcelo Odebrecht%2C presidente da Odebrecht (à esq.)%2C e Otávio Marques Azevedo%2C presidente da Andrade Gutierrez (à dir.)Reprodução Internet

Trinta e oito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, nove de condução coercitiva, oito de prisão preventiva e quatro de prisão temporária em quatro estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Além da Odebrecht, a empreiteira Andrade Gutierrez também está na mira das autoridades.

Os detidos serão transferidos ainda nesta sexta-feira para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Na fase mais recente em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo a operação levou a prisão do empresário Milton Pascowitch. Detido em Curitiba, ele é apontado como um dos operadores do esquema de propinas da Petrobras.

Empreiteiras dizem que colaboram com a PF desde o início da Lava Jato

Odebrecht e Andrade Gutierrez lideravam cartel de empreiteiras, dizem PF e MPF

De acordo com nota da Polícia Federal, cerca de 220 policiais federais trabalham na operação. Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. Às 10h, os detalhes da operação serão divulgados em coletiva no auditório da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

A 14ª fase da Lava Jato investiga crimes de formação de cartel, fraude a licitações, corrupção, desvio de verbas públicas e lavagem de dinheiro, entre outros, para empreiteiras com atuação no mercado nacional e internacional, e contratantes regulares junto a Petrobras.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia